História da comunicação humana e as 10 grandes mudanças tecnológicas

Hoje falamos sobre a história da comunicação da humanidade, sua origem e das mudanças tecnológicas ou acréscimos que a comunicação humana já passou e pensamos em um projeto para o futuro sobre o que poderá ocorrer neste processo de possibilidades para o futuro, lembraremos que muitas tecnologias foram disruptivas (ou seja, acabaram) mas grande parte ainda continua por aí e apenas “sofreram” algumas pequenas mudanças ou adaptações.

Ler mais

Um Natal com a Estrela de Belém

Quem me acompanha sabe que eu já publiquei alguns textos falando sobre o Natal e outros dizendo o que é o Natal e como foi a definição de sua data, por exemplo. Mas no ano de 2020 tivemos um fato Astronômico muito especial e quem sabe de suprema epifania que foi exatamente o que os astrônomos chamaram de Estrela de Belém. Será o reaparecimento da Estrala de Belém?

Ler mais

O que aprendemos com as pandemias?

Eu poderia perguntar: o que aprendemos com a pandemia? Mas aí nós restringiríamos a pergunta e as respostas a esta pandemia que estamos vivendo desde o final do ano de 2019 com esse Coronavírus, Novo Corona, Covid-19.  Porém a humanidade já passou por diversas pandemias parecidas como esta que vivemos agora, o tema é muito triste, principalmente quando observamos que muitos não estão nem aí e, portanto, não aprendem nada, pelo contrário parecem estar desaprendendo.

Ler mais

As Novas Escravidões dos nossos Dias

Parece que de alguma maneira o ser humano sempre apreciou a escravidão. Se observarmos a história da humanidade notaremos que vários povos sempre escravizaram a outros povos e a seu próprio povo. No mundo ocidental o Brasil foi o último país a deixar de ter escravos oficialmente. Mas no planeta terra, hoje, ainda há povos que escravizam a outros humanos. No entanto será que há outras formas e maneiras de escravidão? como seriam estas?

Ler mais

Tiradentes 21 de Abril

Tiradentes

Na noite da insurreição que libertaria Minas Gerais do jugo português, segundo Tiradentes pretendia, os líderes da inconfidência sairiam às ruas de Vila Rica dando vivas à república, com o que ganhariam a imediata adesão da população. Delatada e esmagada a conspiração, o movimento fracassou sem ter tido a oportunidade de pôr à prova a combatividade do povo brasileiro, o que certamente teria estimulado sua ambição de independência.

Ler mais