O que é ser um Ném?

Quando falamos em Marketing Pessoal, lembramos logo da embalagem do produto (que são as vestimentas, etc.) e do conteúdo (entre eles está o vocabulário). Este texto que segue eu recebi por e-mail, não sei quem é o autor. Mas é muito interessante como o autor descreve o “Ném” e o seu vocabulário.

Dicas para você se tornar um Ném

Talvez você não esteja identificando o que é ser ném. Talvez. Dúvida que vai sumir no máximo até a terceira dica. Quem sabe você mesmo já não é um pouco. Mas vamos lá, você pode ser um completo. Assim você entra na moda. Afinal, este estilo particular de ser não para de se espalhar por aí, ném.

– A primeira dica é trocar qualquer vocativo por ném. Nada de moço, senhor, cara, menino. Comece a chamar todo mundo de ném.

– Talvez a única exceção seja chamar os amigos de braço. Mas, por segurança, na próxima frase use ném.

– E que tal colocar um piercing no umbigo? Só que não é qualquer piercing. Tem que ser um com aquele penduricalho.

– Além disso, você só deve andar de van. E, se puder, criar intimidade com o motorista.
– Falando em intimidade, ném não tem amigo. Tem colega.

– Agora é o momento das dicas de português. Anota aí: corte a letra “m” do final das palavras. Exemplos: garage, viage, passage.

– Já que estamos nessa onda de cortar tudo, retire o “d” quando o verbo estiver no gerúndio. “Falano”, “cantano”, “fazeno”.

– Elimine também a letra “s” dos plurais. Como, “as criança”, “os motoboy”, “os churrasquinho”, “as carne”.

– Crie vogais inexistentes no meio das palavras. Tipo, “naiscer” e “adevogado”.

– Comece e termine perguntas com “tu”. Exemplo: “tu vai lá, tu?”.

– Em algumas palavras, troque o “s” pelo “r”. Em vez de “mesmo”, fale “mermo”.

– Conjugue o “mim”. Exemplo: “pra mim fazer”. Ou melhor: “pámien fazer”. Isso mesmo, “mien”.

– A propósito, chame jantar de jantá. E qualquer tipo de massa de macarrão.

– A essa altura, você já está se tornando um ótimo ném. Mas dá pra ser ainda melhor tendo umas atitudes como tirar foto em shopping. Ou tirar foto de si mesmo no espelho do banheiro.

– Mais que isso. Quando for à praia, não se esqueça de 3 coisas: levar uma caixa de isopor, rolar na areia (em grupo!) e passar doura-pêlo (vai, arrasá, ném).

– Só que antes, faça uma tatuagem no antebraço com o nome Jesus ou o de algum parente.

– Mas para isso, capriche no nome dos filhos. João, Maria, Ricardo, Ana estão fora de cogitação. Aqui, quanto mais diferente, melhor.

– Vem cá, tu tem Facebook, tu? Ih, esquece, quem é ném mermo tem é Orkut.
– E, no MsN, ixCrEVe sEmPRe aXiM.

– Agora, uma dica específica pra quem é vendedor. Sempre aborde o cliente fora da loja.

Sempre.

– E aproveite o salário para deixar o carro tunado. No mínimo, no mínimo, ele deve ser rebaixado e com insulfilm.

– Mas para ser completo mesmo, instale um som boladão para ouvir música alta na orla. Com o porta-malas do carro aberto, é claro.

– Neste momento, você já está muito perto de se tornar um ném. Por isso, preste atenção. Quem é ném, usa rádio em vez de celular. No viva-voz.

– Assim como escuta música no celular. No viva-voz.

Pronto. Agora você já pode ser um verdadeiro ném. É nóis.

Abra uma cidra para comemorar (tem que ser uma cidra). E, se você tiver alguma dúvida, é só consultar as nossas dicas.

Já é ou já era Ném?

 

Autor desconhecido… Se alguém “soubé” quem é o “autó”  “favó” “mim” “informá” para eu “publicà” aqui, valeu Ném?

Queridos amigos cuidado com o vocabulário…

Abraços do Benito Pepe

Benito Pepe

Benito Pepe: Empresário há mais de 30 anos, Administrador, Filósofo, Astrônomo Amador, Colunista, Palestrante, Instrutor e Professor Universitário. Tem formação acadêmica na área de Administração com pós-graduações em: Administração estratégica de empresas; Marketing; Filosofia Contemporânea; e Filosofia Antiga. Publica Aqui, seus textos sobre Filosofia, Astronomia, Administração, Marketing, Religião, Assuntos da Atualidade, além de um Papo geral.

28 comentários em “O que é ser um Ném?

  • em
    Permalink

    Olá meu querido ném, quanto tempo ném?
    Olha só ném! Dê-me um cigarro diz a gramática do professor e do aluno e do mulato sabído. Mas o bom ném negro e o bom ném branco da Nação Brasileira, dizem todos os dia, deixa disso ném, me dá um cigarro. Este ném que postô êce tema é um conhecedô do portugues popular falado no mundo da rua do ném. Isto aqui na Capitá! se ir pro interiô, vige como tem ném. é ném pra cá, ném pra lá, noça como tem ném lá no interiô. O ném sai da sua sidade, com pé no chão, vem pra capitá e vira presidente,ainda pro riba deixa outra nem, no seu lugá. Meu querido ném, o verdadeiro ném é iguá aquele tá de Falcão cantador.´Adispois que ví esta iscrita sobre ném, fiquei a imaginá, se não seria mais mió cabá com o papagai faladô da politica e da igreja. Numa reunião de ném todo mundo se entendi,agora se butá um papagai faladô pra falá a coisa se complica. Porquê o ném tem seu modo e jeito de falá, e não precisa de paletó e gravata para enganá o outro ném.
    Meu amigo, ném precisá perguntá estive afastado devido ao probrema do AVC mai vendo esta estoria do ném, me deu vontade de iscrever um comentario.
    Um abraço do amigo ném

  • em
    Permalink

    Fala meu camarada JM Dias, você não pode sumir não NEM! Vê se aparece mais, aliás, você tem dito que meu site/blog é uma terapia pra você… Então não some tá, nem?

    Abraços do Nem Benito Pepe

  • Pingback:Tweets that mention O que é ser um Ném? | Benito Pepe - Palestras, Treinamento de Equipes e Cursos -- Topsy.com

  • em
    Permalink

    Definitivamente eu nunca serei ném…
    …NEM se eu tentasse.

  • em
    Permalink

    Olá Patrícia, isso é bom em? Parabéns pra você e não tenta não tá? Seja diferente mesmo hehe

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Parabéns, adorei o texto. Muito divertido!

  • em
    Permalink

    então ser “ném” é ser analfabeto, aculturado e ignorante? Tudo que uma população precisa para ser extinta? Complicado isso.

  • em
    Permalink

    Olá Thamirys. O texto nos mostra como está nossa geração do Nem..

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    OLá Hosa, é mais ou menos isso mesmo! Cuidado com a ignorância que, neste caso, não é Santa…

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Galera, resumindo: todo CARIÓCAM é Ném. hahahhaha. Naiscer no Rí d’Janêarom.

  • em
    Permalink

    Olá “Neném Junior” Nem todo Carioca é Ném. Mas há também os Ném em todo lugar Não é Neném?

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    gostei nem ,tu vái faze mais disso aí ,tu ?

  • em
    Permalink

    OLá Fernanda. vá Curtir minha página no Facebook, ou assine pra receber as atualizaçoes deste Site/blog, já estarei publicando mais textos..

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    KKKKKKKKK…eu estava pesquisando sobre o que é ser um “Ném”, quando achei o seu artigo e vi o quão realista a descrição do verdadeiro “Ném”.
    O pior, ou melhor sei lá, é que o número de pessoas que acham bonito ser “Ném” têm aumentado cada vez mais…

  • em
    Permalink

    Olá Giselle, é isso mesmo! Mas cada um na sua não é mesmo? Acho que há horas pra tudo nessa vida… e o nem tem também a sua hora “nem” que seja toda hora ehehehe

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Vc esqueceu de falar do creme de potão!

  • em
    Permalink

    Olá Pedrinho, obrigado pela contribuição..
    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Hoje vai ter briga,alguém pediu pra eu vir aqui he he

  • em
    Permalink

    Oi Eliana, seria você uma Nem? ehehhe
    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Esse negocio de Nem é terrível,conheço algumas,então resolvi sacanear imitando,quando conversava com elas falava como elas,então um dia no meio de uma conversa com meu chefe deixei escapar um “né não nem” quase morri de vergonha,a sorte foi que meu chefe tambem sacaneava as Nem,em resumo nunca mais imitei as Nem.Um abraço,seu blog é muito legal Nem.

  • em
    Permalink

    Valeu Vera, obrigado pelo depoimento. De fato precisamos medir sempre a maneira como estamos nos expressando.
    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Oi Pepe:
    Gosto muito do “ném” porque comecei a notar que meus alunos e seus familiares lançam mão dessa expressão quando querem demonstrar carinho, aproximação, pedir algo… Posso notar que as comunidades onde trabalho(Vila Ideal e Vila Nova em Duque de Caxias-RJ) tem algumas expressões bem singulares. E esta é a que mais me encanta. Noto um verdadeiro horror entre meus colegas professores quando uso o “ném”. Passo 12 horas do meu dia com esses alunos que adoro e seus familiares; o que eles queriam? Por mim, “ném” pode ficar! Ou será que seria mais brasileiro “meu brother”?…
    ASS. MARCIA KISTER SOARES

  • em
    Permalink

    Olá Márcia. Obrigado pelo comentário!

    Esse texto eu recebi por e-mail e achei pertinente para eu apresentar aos colaboradores de empresas nas quais eu me apresento e especialmente os vendedores e o pessoal que trata diretamente com o público, recepcionistas etc. Menciono a questão do Marketing Pessoal e especialmente o vocabulário que podemos ou não usar com nossos Clientes…

    È claro que informalmente muitas expressões do cotidiano não fazem mal, mas em uma empresa e em encontros formais deve-se eliminar tais palavreados.

    Quanto ao “meu brother” mencionado por você veja o meu texto: http://www.benitopepe.com.br/2009/02/23/o-que-e-big-brother-quem-e-o-big-brother-e-como-surgiu-o-big-brother/

    Teu comentário também será bem vindo lá.
    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Esse texto (e a participação no Esquenta!) é dos blogueiros do maisoumenosisso.com.br

  • em
    Permalink

    Adorei o texto. sou atriz e preciso construir uma personagem ném. o conteúdo me foi de muita utilidade. Valeu Benito. se puder me dê mais dicas, pois esta personagem além de ném é empregada e inocente. Existe ném inocente? Grata, Liseani

  • em
    Permalink

    Olá Liseani! Que bom que você gostou e vai poder utilizar na sua peça. Bem, existem inocentes de todos os tipos ehheh

    PS esta peça será no Rio de Janeiro, se for quero ir…

    Abraços, Benito Pepe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.