Um Natal com a Estrela de Belém

Quem me acompanha sabe que eu já publiquei alguns textos falando sobre o Natal e outros dizendo o que é o Natal e como foi a definição de sua data, por exemplo. Mas no ano de 2020 tivemos um fato Astronômico muito especial e quem sabe de suprema epifania que foi exatamente o que os astrônomos chamaram de Estrela de Belém. Será o reaparecimento da Estrala de Belém?

Ler mais

Feliz ano Novo Litúrgico

Este ano eu desejei Feliz Ano Novo para algumas pessoas, entre elas, a minha mãe que acabou sem querer me estimulando a escrever este texto. Todos sabemos que o ano novo no calendário do mundo ocidental foi convencionado iniciar no dia 01 de janeiro e terminar no dia 31 de dezembro, mas mesmo este já foi alterado durante a história da humanidade. Bem, no entanto o objetivo aqui é o Ano Novo Litúrgico, então vamos a ele.

Ler mais

Por que a Cruz? Por que a Morte de Cristo? – Parte 2

Deus nos ama (João 3:16) e quer que sejamos salvos do inferno (2 Pedro 3:9). Mas porque Deus também é justo e correto, Ele não pode deixar de punir o pecado. Alguém tem que pagar o preço. Em Sua grande misericórdia e amor, Deus providenciou o Seu próprio pagamento para o nosso pecado. Ele enviou o Seu Filho Jesus Cristo para pagar pela penalidade dos nossos pecados ao morrer na cruz por nós. A morte de Jesus foi uma morte infinita porque Ele é o infinito Deus-homem, disposto a pagar um débito infinito pelo pecado, para que não tivéssemos que pagar por essa punição no inferno por toda a eternidade (2 Coríntios 5:21). Se confessarmos nossos pecados, pedirmos pelo perdão de Deus, e colocarmos nossa fé em Cristo, seremos salvos, perdoados, purificados e receberemos a garantia de um lar eterno no céu. Deus nos amou tanto que providenciou um meio de salvação.

Ler mais

As Igrejas Cristãs devem manter as Convergências

Nota-se claramente, ainda que de maneira não tão declarada, que muitas denominações cristãs vêm imitando ou se espelhando nas práticas, doutrinas e atitudes de outras religiões cristãs, ou seja, uma espelhando-se na outra. Isso ocorre por exemplo com a Igreja Católica que desde os anos 1970 se “reinventou” e rememorou os tempos primitivos do Cristianismo com o Pentecostes, isso se dá com a chamada Renovação Carismática Católica, o que faz com que muitas missas e grupos de oração católicos se parecerem com verdadeiros cultos evangélicos.

Ler mais

Quem é Deus e quem somos nós?

A humanidade de uma maneira ou outra sempre buscou algo que o transcenda, ou será que o transcendente é que buscou a humanidade? Não estou afirmando a hipótese da existência de uma transcendência, estou relatando um fato histórico. Quanto à primeira situação, ou seja, o homem buscar a “Deus” ou deuses, não há o que se questionar, esse fato existe há milhares de anos. Agora e se a segunda hipótese for verdade, ou seja, Deus ou os deuses é que buscaram a humanidade?

Ler mais