Oportunidades na Vida, Oportunidade à Vida

 
Vez em quando nós vemos na televisão uma pessoa simples, que de alguma forma, chega às telas da TV e saem do anonimato tornando-se celebridades.
Em vários desses programas eu, e acredito milhares de pessoas que assistem, se emocionam e choram ao ver uma pessoa do povo, simples, muitas vezes analfabeto, sem conhecimentos do mundo em que vivemos e até mesmo do seu País ou Estado, quando muito conhecem um pouco de sua cidade ou bairro. Saem de sua casca de ovo e se transformam em um pintinho tendo oportunidades à vida, e muitos chegam a se tornar lindos galos outros galinhas.
Fico meditando e analisando quantas e quantas pessoas, tem algum conhecimento diferencial aos que a humanidade convencionou em chamar de “normal” e ficam enclausurados em sua casca de ovo, por Toda uma vida sem saírem de lá. Por não terem oportunidade de serem vistos, não podem proporcionar a outrem um novo horizonte.

Porém de todas as oportunidades que temos, sem dúvidas a maior de todas é a chance à própria vida! Você já parou para pensar, mesmo que falando cientificamente, não precisa pensar espiritualmente, que neste caso a coisa poderia se tornar mais complexa. No caso científico onde já há comprovações através de métodos e experimentações, sabemos que para você ter nascido de um “simples” espermatozóide e um óvulo, você precisou nadar o equivalente a quilômetros e quilômetros e pior disputar com milhões e milhões de outros nadadores e além de tudo isto quando você alcança a linha de chegada, ainda precisa disputar com outros nadadores que também lá chegam e para ver quem vence a prova conseguir furar um óvulo, e assim entrando nele fechar as portas para que outros não entrem, pois assim é para se ter vida, uma corrida e sacrifícios de proporções gigantescas.
 
Mas a oportunidade à vida ainda não está definida, agora você precisa se desenvolver encontrando um cantinho combinado com o óvulo que agora se chama ovo, e deverá ter sorte para de lá sair, será que você conseguirá sair de lá e se tornar um pintinho….?

É amigo Leitor, você já é um vencedor!! Você conseguiu ganhar esta corrida Quilométrica e entrar no “casulo” e melhor se desenvolveu, saiu de lá e teve a melhor das sortes: uma pessoa para cuidar de você até o momento em que você se fez um ser humano maduro , Muito bem!

 
Vamos portanto ser graciosos à vida e verdadeiramente, reconhecermos que na verdade já tivemos a maior de todas as oportunidades que uma pessoa tem nesta vida… a própria vida!

Abraços do Benito Pepe  

Link Relacionado

Big Brother Brasil, quem é o Big Brother e como surgiu o Big Brother?

Benito Pepe

Benito Pepe: Empresário há mais de 30 anos, Administrador, Filósofo, Astrônomo Amador, Colunista, Palestrante, Instrutor e Professor Universitário. Tem formação acadêmica na área de Administração com pós-graduações em: Administração estratégica de empresas; Marketing; Filosofia Contemporânea; e Filosofia Antiga. Publica Aqui, seus textos sobre Filosofia, Astronomia, Administração, Marketing, Religião, Assuntos da Atualidade, além de um Papo geral.

3 comentários em “Oportunidades na Vida, Oportunidade à Vida

  • Pingback:O que é Big Brother, quem é o Big Brother e como surgiu o Big Brother? | Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Meu amigo, entendo que, a vida é uma meta a ser atingida. Temos, em cada momento da nossa vida, um objetivo que procuramos alcançar.Se depois de tanto lutar, e brigar para conseguir uma vida, temos obrigação de continuar lutanto para alcançar o objetivo que procuramos. Se falhamos, desistimos dêle com pesar, ou procuramos alcança-lo por outro caminho, e êsses objetivos, pequenos ou grandes, mesquinhos ou sublimes, constituem os elos que formam a corrente da nossa vida. A diferença entre os objetivos atingidos e os inatingidos está nas emoções que provocam em nós: bem-estar e exaltação, no primeiro caso; retraimento e amargura, no segundo.
    E, por vivermos num mundo dualista e classificarmos tôdas as coisas como boas ou más, começamos por chamar todo sucesso um bem e toda derrota um mal, até descubrimos que muitas vêzes, o sucesso se transforma em derrota e a derrota, em vitória. Sentimo-nos, então, perplexo e confusos ante a vida, pois vemos a linha que traçamos para demarcar o bem e o mal ser deslocada de um lugar para outro por uma força superior a nós. Que força é esta, que parece brincar assim com nossos valores e desorganizar nossa classificação? Basta-nos formular esta pergunta para percebermos que não somos inteiramente autônomos no que desejamos ou desprezamos. Pois assim como temos nossos próprios objetivos,, cada um dos sêres existêntes, visíveis ou invisíveis, animados ou inanimados, racionais ou irracionais, tem tambem seu próprio objetivo. E a soma dêsses objetivos todos é o objetivo global da vida. Assim a vida visa a objetivos em nós como visamos a objetivos nela. E os objetivos da vida sempre triunfam. Quando nossos objetivos se harmonizam com a vida, triunfamos tambem; e quando divergimos dela, somos derrotados. E um dos principais a que a vida visa em nós é levarnos z nos harmonizar com ela, para sermos felizes, em vez de nos rebelar contra ela, e sermos infelizes. E para nos permitir descobrir o caminho dessa harmonia, a vida nos dotou com as faculdades do raciocínio, da vontade e da consciência. E para nos permitir treinar essas faculdades, pela comparação e pela dedução, submeteu o mundo em que vivemos à dupla noção do bem e do mal. Mas, como estamos ainda pouco familiarizados com essas armas tremendas, muitas vêzes as minipulamos mal e com elas nos ferimos o coração e os olhos. E muitas vêzes as pomos a serviço de objetivos infantis ou mesquinhos, qauis soldados que empregassem canhões para matar moscas. Se fôssemos mais hábeis em usar nossa mente, compreenderíamos que a vida nos pôs num mundo regidos pelas noções do bem e do mal só porque o caminho do bem e do mal é o único caminho do conhecimento e, portanto, da liberdade e da realização.Meu amigo, milhões de pessoas não entendem, que a luta pêla vida começa exatamente como voce citou, no momento da fecundação, e aquele que não luta pela vida, fica perdido no meio do caminho, sem alcançar seu objetivo. Um abraço e que sua vida seja plena de grandes realizações.

  • em
    Permalink

    Meu amigo José Maria Dias, suas palavras são sábias e poéticas. Ótima linha de raciocínio. Vou destacar a frase: “…a vida visa a objetivos em nós como visamos a objetivos nela. E os objetivos da vida sempre triunfam. Quando nossos objetivos se harmonizam com a vida, triunfamos também.” Faço essas também minhas palavras…

    Abraços do Benito Pepe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.