Características, Atitudes e Aplicabilidade de um Líder Vencedor

Um dia desses estava ministrando um treinamento de “Chefia e liderança” e ouvi a seguinte frase de um dos diretores da empresa: “um líder precisa ser Justo e Imparcial.” A frase pode parecer simples e despretensiosa para quem não medita na profundidade das duas palavras mencionadas: Justiça e imparcialidade.

Quando falamos em Justiça, precisamos nos desvincular um pouco da “Justiça Cega”, aquela que diz que deve tratar todos com igualdade e sem distinção. É claro que no campo empresarial temos que tratar todos com igualdade, mas não podemos tratar todos com os mesmos olhos. Precisamos tratar os desiguais com desigualdade, ou seja, cada um com seu valor e de acordo com seus méritos ou deméritos.

A justiça deve agir com Imparcialidade, no entanto precisamos lembrar: ser imparcial é não tomar partido de fulano ou de beltrano ao acaso, mas tratar cada um com seus méritos e valores; é considerar seus defeitos e suas qualidades.

Assim, ser Justo e Imparcial embarca um pensamento mais amplo e de moderação. Ser justo é ser correto, ter e usar-se de bom senso, agir sempre com bom tom, e tom aqui serve também para o sentido sonoro, tom da voz. Um líder precisa agir com docilidade, ser dócil é uma das mais lindas características de qualquer ser humano, principalmente de um bom líder.

O líder deve ser Justo e Imparcial. O líder não pode ser partidário, não pode pensar em “panelinhas”, não pode ajuizar que fulano ou sicrano é seu “amigo” e merece um tratamento especial. Não! O líder deve agir com respeito para com todos inclusive para com os que não fazem parte do seu grupo informal, mas que estejam na empresa por meritocracia. Dessa maneira, por valor e com mérito devemos agir.

Líderes sejam justos e imparciais!

No entanto as duas características acima são tão somente o start para a ação. Aplicabilidade! Além delas vamos enumerar Dez Atitudes que um bom líder deve colocar em prática cotidianamente.

  1. Desenvolva o seu Marketing Pessoal permanentemente, de forma que sua Marca seja aceita de maneira positiva por todos. Quando falamos em marketing pessoal, temos que lembrarmo-nos de alguns pontos: a. O Marketing ético que é aquele que busca identificar Necessidades e Desejos de um público específico e disponibilizar os produtos ou serviços que venham a satisfazer tais necessidades e/ou desejos. Dessa maneira o Líder Vencedor deve agir, buscando e ouvindo seus clientes externos, tanto quanto e principalmente os clientes internos, ou seja, seus colaboradores, subordinados, colegas horizontais, e superiores; b. Quando pensamos no Marketing Pessoal nos vemos como um “produto” e este produto acompanha uma “embalagem”.   Portanto um Líder Vencedor precisa lembrar-se de cuidar de sua embalagem: aparência geral, vestimenta, acessórios, postura e saúde; c. Tão importante quanto a “embalagem”, ou melhor, mais importante ainda é o “produto” ali contido, Você! E neste ponto enfatizamos alguns cuidados que você deve tomar: cuide de sua Formação, Vocabulário, Atitudes, Ética, Autenticidade e Transparência, Positividade, e acima de tudo saiba Negociar sempre. Um Líder Vencedor está sempre negociando alguma coisa com alguém; d. Por fim lembre-se: Você é uma Marca! Então, como você está cuidando dela?
  2. Seja grato pelo trabalho que foi realizado e recompense seus colaboradores de acordo com as suas contribuições. Como disse no início deste texto, aja com justiça! E digo agora, seja justo para com os colaboradores exemplares. Todo bom colaborador precisa sentir e perceber a gratidão do seu superior, um bom trabalho deve ser Elogiado Publicamente. As recompensas podem ser as mais diversas, mas nem sempre o Valor da recompensa é atribuído de maneira equitativa por todos, assim lembre-se que nem sempre o melhor prêmio é o valor monetário. Por exemplo, há quem prefira ou precise de um dia de folga ou simplesmente sair mais cedo um dia da semana etc. No entanto muitas vezes o melhor prêmio é um simples elogio.
  3. Dê elogios a quem mereça e o faça publicamente. Os elogios não nos custam nada e dão um ânimo a mais para o colaborador exemplar. Isso faz com que o trabalho bem feito assim permaneça, sirva de exemplo e evolua cada vez mais. Portanto dê elogios a quem mereça e o faça publicamente. Aproveito para lembrar: os elogios podem ser públicos, mas as críticas e chamadas de atenção devem ser em particular, a não ser que haja reincidências, e neste caso, às vezes, precisam de um apoio do grupo a fim de ajudar o colega deficiente em algum aspecto.
  4. Treine permanentemente sua equipe. O treinamento é essencial em qualquer atividade. Imagine um piloto de avião que não treine a fim de saber o que fazer em algum momento de adversidade e mesmo para as suas rotinas de trabalho. Há também quem diga: treinar pra que, eu já sei o que tenho que fazer...”, no entanto sabemos que na hora “H’ quem treina faz melhor (veja o meu texto em que falo sobre contratar um Palestrante). Lembro apenas aqui e agora que “quem treina antes sofre menos na batalha.” O Treinamento pode e deve ser com empresas e palestrantes especializados, mas também dentro da própria empresa através dos líderes, pessoal com mais experiência e equipes de treinamento. Neste caso há uns passos bem simples a serem seguidos. Nunca trabalhe sozinho, sempre que você fizer qualquer coisa que queira passar aos outros, leve alguém com você. O modelo é mais ou menos assim: 1º- Eu faço. 2º – Eu faço – e você assiste. 3º – Você faz – e eu assisto. 4º – Você faz. Lembre-se: todo mundo tem potencial para vencer. Seu trabalho como líder é enxergar esse potencial, descobrir o que falta a essa pessoa e equipá-la com o necessário.
  5. Negocie com sua equipe buscando resultados favoráveis a sua empresa. Como disse no primeiro item quando lembrei o marketing pessoal, um dos cuidados que você precisa tomar quanto ao seu “produto” é a capacidade de saber negociar sempre, um líder vencedor sabe que precisa tomar decisões a todo o momento, e para tomar decisões precisamos negociar constantemente ainda que conosco mesmos. O líder deve agir em prol de sua empresa, aliás, é ela que lhe dá a existência, como também a existência de todos os demais colaboradores.
  6. Dessa maneira confronte o mais rápido possível. Dê a pessoa uma estratégia para consertar o problema. Fale como um amigo. Quando vemos os nossos colaboradores como amigos que trabalham juntos em equipe, buscamos os resultados em conjunto. É como um jogo, se vencermos, vencemos juntos se perdermos, perdemos juntos. Não deixe pra depois o que pode fazer agora, há problemas dos colaboradores que os afligem e que precisam ser resolvidos de imediato, o Líder Vencedor atua como um Vencedor.
  7. Tenha um Foco Inteligente. Saiba priorizar e se concentrar no mais necessário e útil. Para focar seu tempo e energia siga estas orientações: concentre 70% em seus pontos fortes. Líderes eficientes que atingem seu máximo potencial dedicam mais tempo concentrando-se no que fazem bem, e não naquilo que fazem mal. Concentre 25% em coisas novas. Se você deseja melhorar, deve estar em constante mudança e desenvolvimento, isso significa adentrar novas áreas. Se você dedica tempo a coisas novas relacionadas às suas áreas fortes, crescerá como líder. E por fim Concentre apenas 5% do seu tempo em seus pontos fracos. Ninguém pode deixar de trabalhar totalmente seus pontos fracos, mas a chave do sucesso é minimizá-los ao máximo possível, e o líder Vencedor sabe que pode e deve delegar pra quem sabe fazer melhor. Em resumo: Concentre 70% em seus pontos fortes. 25% em coisas novas. E 5% em seus pontos fracos. Delegue com e pela qualidade.
  8. Saiba priorizar o seu tempo. Mantenha-se comprometido com o que realmente importa. Há muita gente que reclama do tempo, dizendo que o tempo está passando mais rápido, que não tem tempo pra fazer tudo o que precisa fazer etc. O tempo não está passando mais rápido, somos nós que cada vez mais arrumamos mais coisas pra fazer… O tempo é o mesmo. As atividades é que vão aumentando, o mundo contemporâneo é dinâmico e corrido, por isso precisamos saber priorizar. Tempo é uma questão de priorização, onde está a sua prioridade aí está o seu tempo!
  9. 9. Mantenha-se focado nos Resultados e nunca troque uma atividade mais importante por algo que você queira fazer em um momento inoportuno. Lembre-se que para você ser um Líder Vencedor é preciso alcançar Resultados. Uma empresa vive de resultados, e nossas ações devem estar em sintonia com a empresa.

10. Por fim Passe Algum tempo com os melhores. Lembremo-nos do princípio de Pareto: Vinte por cento de suas prioridades lhe dão oitenta por cento de sua produção. Se você gastar seu tempo, sua energia, seu dinheiro e seu pessoal com os vinte por cento das atividades mais importantes, você já alcançará 80% do resultado. Por exemplo, 20% das pessoas da organização são responsáveis por 80% do sucesso da empresa. A estratégia a seguir capacitará um líder a aumentar a produtividade de sua empresa, siga estes passos: a – Determine que pessoas são os 20% produtores mais importantes. b – utilize 80% de seu tempo de relacionamentos interpessoais com esses 20% mais importantes. c – invista 80% de seu dinheiro para o desenvolvimento desse pessoal que corresponde aos 20% mais importantes. d – Peça aos 20% mais importantes para fazerem o treinamento dos 20% que estão logo abaixo deles e assim sucessivamente.

Dessa maneira você será um Líder Vencedor. O que mais você acha que é necessário para ser um Líder Vencedor? Deixe seu comentário…

Abraços do Benito Pepe

Benito Pepe

Benito Pepe: Empresário por 30 anos, Administrador, Filósofo, Astrônomo Amador, Colunista, Palestrante, Instrutor e Professor Universitário. Tem formação acadêmica na área de Administração com pós-graduações em: Administração estratégica de empresas; Marketing; Filosofia Contemporânea; e Filosofia Antiga. Publica Aqui, seus textos sobre Filosofia, Astronomia, Administração, Marketing, Religião, Assuntos da Atualidade, além de um Papo geral.

6 comentários em “Características, Atitudes e Aplicabilidade de um Líder Vencedor

  • em
    Permalink

    Benito e Pedro,

    Mais uma vez , obrigada pela colaboração. Parabéns à vcs pela maneira simples , séria, clara e objtiva de conduzir o treinamento . Foi extremamnte vantajoso para todos nós. Em nome da Miss Cake , agradeço de coração! Com certeza estaremos juntos brevemente.
    Grande abraço,

    Eliane Martin

  • em
    Permalink

    Obrigado Eliane Martin, teu depoimento público Lisonjeia-me e me faz seguir com toda dedicação e paixão que são inerentes em minhas palestras e treinamentos de equipe. Valeu! Até a próxima semana no novo Treinamento.

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    O texto é muito interessante e serve para refletir como “eu” posso ser melhor “hoje”…se todos os dias reflletirmos, principalmente, sobre as atitudes que o texto se refere e essas atitudes forem colocados em prática com certeza “eu” serei um líder muito melhor e mais justo com todos. Liderança não é teoria, liderança é ação…requer de mim uma posição firme, segura, convincente e acima de tudo constante. Liderar é uma uma arte que desenvolvemos a cada dia e não é pelo cargo e sim pela maneira que conduzimos as mais diversas situações e adversidades do nosso cotidiano seja em casa ou em nosso trabalho. E quando aprimoramos esta arte somos essencialmente reconhecidos como verdadeiros líderes.
    Gostaria de agradecer o comentário da Eliane Martins que muito cooperou no treinamento “Chefia & Liderança” em sua empresa (Miss Cake) mostrando sempre o interesse em aperfeiçoar suas competências de liderança.

  • em
    Permalink

    Olá amigo e Parceiro Pedro Berto, obrigado pelo comentário. Seu comentário está bem completo e claro… No mais, Parabéns por nosso treinamento “Chefia e Liderança”, não é à toa que este curso e as Palestra, já há alguns anos, são sucesso em resultados nas empresas.

    Abraços, Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Muito bem meu amigo Benito. Um líder não se cria, muito menos se nomeia dentro de uma comunidade, vem de berço, ou melhor ele já nasce líder; exercer uma liderança é preciso muito virtudes de um individuo, principalmente no que diz respeito à sabedoria, educação,bom humor e amabilidade com seu igual, respeitar, e saber e fazer-se respeitar, outro fator muito importante para um líder ser bem entendido é promover reuniões periódicas com todo seu grupo de subordinados e comissões superiores. Desta maneira há um pesado componente de interações do tipo “EU-E-TODOS” na orientação o líder diz, eu uso a reunião com grupos para dá chances às pessoas de participarem. Sempre estou aberto às sugestões. Meu grupo freqüentemente faz recomendações as quais eu considero na tomada de decisões.
    As comissões servem para vários propósitos. Um é dar uma oportunidade à participação nas discussões relevantes no trabalho, sem perda de autoridade. Um outro propósito é o de, numa forma sutil, evitar a responsabilidade e as reações negativas que uma decisão pode acarretar. Isto pode ser evitado mediante a utilização das recomendações dadas por um grupo. A terceira alternativa é mais genuína. É obter idéias e sugestões que poderão, então, ser posteriormente utilizadas para avaliação do mérito e para credito pessoa.
    O conceito de desenvolvimento de um líder é revisto à luz dos conceitos, mediante a mudança do foco de atenção do individuo, como a unidade de desenvolvimento para a organização em si. Quando um líder visualiza a sua responsabilidade como a de um administrar uma cultura ao invés de lidar apenas com pessoas a fim de obter delas a execução do trabalho. Bem meu camarada no inicio eu falei que um líder nasce com o dom de liderança, isto é verdade, porem também é verdade que o dom, sem orientação de especialidades de palestras ministradas por outros especialistas, que venham de fora para dentro de uma organização torna-se até certo ponto difícil de exercer uma liderança plena.
    È com prazer que volto a desejar-lhe um abraço do amigo J.M.Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.