Por que a cruz, por que a morte de Cristo? Parte 1

O texto que segue é do colega, Prof. Ricardo Célio*

Porque a cruz, porque a morte de Cristo?

Prov. 17:15 “O que justifica o perverso e o que condena o justo abomináveis são para o SENHOR, tanto um como o outro”

Portanto qualquer um seja um juiz, seja um rei que justifica o perverso é uma abominação para Deus. O QUE É ABOMINAÇÃO? Alguma coisa repugnante, repulsiva, vil, abominável, indescritivelmente perversa.

Ler mais

Ser ou Ter? Este é um grande Dilema para muitos

Ser ou Ter? Conflito que nos persegue por muito tempo em nossa vida. Esse dilema começa e passa pela cabeça de muitos jovens quando vão ingressar em uma universidade. Eles pensam e repensam, conversam com seus pais e amigos e querem saber: “o que dá dinheiro?” Um dia desses encontrei com um dos meus alunos universitário que me disse: “professor eu curto muito esse negócio de astronomia, céu, universo, mas me disseram que “isso não dá grana”, é verdade?” Esse é o problema, estamos sempre nos perguntando o que vai nos dar “grana” a fim de Ter e não o que vai nos possibilitar Ser.

Ler mais

Curso de Filosofia e Astronomia por Benito Pepe

Dentre os Cursos Apresentados por Benito Pepe temos um muito Especial chamado: “A Filosofia e a Astronomia Instâncias em que o Deslumbramento Aparece”.

Ler mais

Sumário, Bibliografia e Referências Bibliográficas do Texto “Filosofia e Cosmologia: A Physis e o Thauma Sempre Presentes”

Observo aos leitores que nem todos os tópicos apresentados abaixo estão com o mesmo título como foi publicado neste Site, no entanto publico aqui da maneira como está contida na monografia em si.

Ler mais

O Esquecimento do Ser mencionado por Heidegger. E na Astronomia o Esquecimento do Céu

A tarefa declarada de Ser e Tempo é a de determinar o sentido do ser, Heidegger diz que este ser foi esquecido; o mundo ocidental o esqueceu. Mas Heidegger conforme nos lembra Reale e Antiseri (2006, p.208) se vê em aporia, pois “a análise do ser-aí, isto é daquele ente privilegiado que se propõe a pergunta sobre o sentido do ser, não revela o sentido do ser e sim o nada da existência”.

Ler mais

Heidegger e os Gregos: o Ser e o Céu antes e hoje

Neste capítulo vamos sucintamente esclarecer os termos e as definições de fenômeno e fenomenologia através de alguns autores desta corrente filosófica, como Husserl e principalmente Martin Heidegger; e fazer uma analogia entre o esquecimento do Ser tratado por Heidegger no seu livro: Ser e Tempo e a Astronomia, ou melhor, o esquecimento ou desconhecimento desta nossa origem Cósmica. Ao falarmos de fenomenologia não poderíamos deixar de citar Edmund Husserl que foi o mestre de Heidegger e para quem este dedica o seu livro Ser e Tempo.

Ler mais

A retomada do racionalismo na Idade Moderna e a Influência na (da) Ciência: especialmente a Astronomia/física

Na idade moderna, tivemos o renascimento de uma cultura greco-romana que teve e ainda tem grande influência em todo o mundo ocidental. Dentre elas gostaríamos de destacar a retomada do racionalismo em nossa cultura, que de certa forma esteve adormecido por um longo tempo; e que não cabe aqui questionarmos se foi benéfico ou não ao mundo moderno e nem mesmo à contemporaneidade, principalmente no que tange ao racionalismo científico.

Ler mais