dia_da_mae-l Há alguns anos atrás escrevi um texto falando sobre Mãe e Pai comentava sobre ser genitores e dizia da importância de se valorizar nossas raízes, e hoje complemento: nossas Sementes também. Digo isso não só por agora ter filhos, mas também para completar o ciclo do processo, pais filhos e filhos dos filhos…

Por que e para que ter um dia das mães? Muitos vão dizer: todos os dias são dias das Mães. È claro que sim, todos os dias são dias das mães, dia dos pais, como também todos os dias devem ser vividos como o dia do Natal, etc. No entanto o comércio, o governo e as instituições religiosas definem datas especiais e comemorativas, estas datas têm propósitos diversos, muitos bem nobres, outros nem tanto.

Quanto ao dia das mães é bom lembrarmos que seria uma data totalmente desnecessária, como também deveria ser o dia dos pais, o dia das crianças, etc. Veja que se criou um dia dos genitores e um dos gerados, Pais e filhos. É o dia das mães, dia dos pais, dias das crianças.  Mas isso pra que? Para lembrar às famílias que elas existem, e devem comemorar suas relações? Nessa sociedade cada vez mais dotada e formada pelo consumismo desenfreado e fomentada por muitas das instituições que integram o capitalismo, na verdade o que se quer é dar fôlego a esse processo.

Não tenho nada contra o consumo, muito pelo contrário sei que ele é necessário no processo da economia, mas o que se faz cada vez mais é supervalorizar essas datas em prol do consumismo, não pelo suposto “valor” das datas em si. Muitas dessas datas são criadas apenas e tão somente para promover o consumismo.

Ocorre que muitos podem consumir e nem percebem que estão é “sendo consumidos” a partir do momento que se envolvem e são envolvidos dentro deste ciclo. È claro que todos gostam de ganhar presentes, lembranças, mimos etc., no entanto isso não precisa e não deveria ser feito em uma data específica, simplesmente criada para esse fim. Aliás, é muito mais agradável e tem muito mais valor o fator surpresa, ou seja, se ganhar algo quando não se tem a menor expectativa de que isso iria ocorrer.

Outro ponto que precisamos enfatizar é que uma grande parcela da sociedade não pode dar presentes aos seus pais, ou filhos como é o caso do Natal, quando há muita e muita frustração por parte de inúmeros “plebeus sociais”, que não podem ganhar aquele tão almejado brinquedo e vê seus visinhos ganhando. Se não houvesse uma data específica certamente a frustração seria menor, pois esta seria em doses homeopáticas, ver-se-ia um coleguinha ganhando um presentinho em um dia, outro amiguinho ganhando em outra, outro depois etc., não tantos presentes e tanta propaganda nos veículos da mídia todos de uma só vez como uma artilharia de guerra, os coitadinhos precisam procurar uma trincheira…

Portanto quem pode presenteie sua mãe, seu pai, seus filhos, enamorados, etc. e tal, mas não precisa ser nessas datas criadas para esse fim. Além do mais podemos notar que em alguns desses dias é um verdadeiro transtorno sair para comemorar a tal data. È o caso específico do dia das Mães, os restaurantes ficam lotados, temos que esperar um tempão em uma fila para entrarmos no estabelecimento, depois esperar mais outro tanto para ser atendido e por fim mais uma eternidade para chegar nosso pedido, e aí é uma correria e um tumultuado falatório. Muitos desses restaurantes na saída dão uma rosa para as mães ali presentes, isso talvez seja um consolo e pedido de desculpas pelo transtorno e pela demora…

É por esse e outros motivos que nossa família, que também não deixa passar em branco essa data, o dia das mães, prefere comemorar em casa mesmo, mas “sem presentes” a não ser estar presentes. Bem, aproveitemos para reunir a família, para conversar, para trocar informações, mas lembremo-nos, o dia das mães é todo dia. Mãe é mãe, antes, depois e sempre. Quando somos criancinhas temos o amor e o apoio de nossas mães, quando crescemos continuamos tendo o amor e esse apoio e quando nossa mãe parte, certamente parte a nossa árvore, a nossa sombra, o nosso principal oxigênio, o nosso ar fresco, e não é fácil para nenhum filho ver a sua árvore partir…

Você que não tem mais a sua árvore ou sua semente, precisa lembrar que a mesma árvore que gerou você, esse belo fruto, deixou em você todas as possibilidades para que você gerasse uma nova árvore e assim pudesse também dar novos frutos, que por sua vez poderão dar novas árvores e assim a vida continua… Mesmo que você não tenha mais uma mãe ou não pode ser mãe, ou seu filho partiu, pode acreditar, você é uma semente e de alguma maneira pode continuar a semear, Mãe é quem gera sementes e as sementes podem ser uma infinidade de coisas. Portanto FELIZ DIA DAS MÃES!!!

Abraços do Benito Pepe

Related posts:

  1. Mensagem para as Mães, para os Pais e para os Filhos.
  2. Veja alguns Destaques das 200 publicações. Parabéns ao Site: Benito Pepe!
  3. Dia de Finados, 2 de Novembro. Saudades sim! Tristeza não!
  4. Feliz Natal! Feliz Aniversário! O Nascimento e a Vida de Jesus Cristo!
  5. O que é Natal? Qual a Origem do Natal?
  6. O Mundo que se Diz Cristão e suas leis não Cristãs
  7. O Brasil é independente? Qual a importância do dia 7 de Setembro?
  8. A Contagem do Tempo e o Calendário Gregoriano
  9. Feliz Natal a todas as Mentes. Mas Como cada ser humano vê o Natal?
  10. As Palavras foram desacopladas do Papel?

Tags: , , , , , , , ,

6 Responses to ““Homenagem” ao dia das Mães”

  1. Katiane Says:

    Adorei, seu comentário. Realmente dia das Mãe é todo os dia, e devemos estar sempre comemorando por ela estar sempre presente em nossas vida. Também nos colocamos no lugar dessas crianças que as mães abandoma. Sera que essas mães merecem ser lembradas neste dia? Ser Mãe é para sempre é infinito.As vezes perdemos nossa ávore mas guardamos as sementes bõa que ela plantou dentro dos nossos corações. É com essas sementes devemos semea-lás.E essas crianças que não teve nenhuma semente dentro de se, o que semear?. Era bom que todas aquelas Mães que pretende dar seus filhos parace para refletir o que é ser Mãe.

  2. Benito Pepe Says:

    Olá Katiane, obrigado pelo comentário. Quanto às mães que abandonam os seus filhos, só podemos entender isso como uma demência ou desespero. Acho que essas pessoas, na sua maioria, são doentes e dignas de pena e necessitam de muita oração.

    Abraços do Benito Pepe

  3. eliane Says:

    oi sou uma mae e estou emprecionada com tudo isso é simplismente maravilhoso.desejo a todas as maes do mundo e do pais um feliz dia das MAES

  4. eliane Says:

    SOU UMA MAE TAMBEM AMEI ESTE LINDOPAPEU DO GOOGLE É LINDO E AMAVEU PARA TODAS AS MAES QUE VIREM ISTO ESTE É O SIMBOLO DA VIDA QUE UMA MAE ESTA DANDO.DESEJO UM FELIZ DIA DAS MAES PARA TODAS AS MAES A TODAS.

    FELIZ DIA DAS MAES

  5. Benito Pepe Says:

    Valeu Eliane! Parabéns para você e para todas as Mães que visitam meu Site/blog.
    Abraços do Benito Pepe

  6. Veja alguns Destaques das 200 publicações. Parabéns ao Site: Benito Pepe! | Benito Pepe - Palestras, Treinamento de Equipes e Cursos Says:

    [...] Homenagem ao dia das Mães [...]

Deixe um Comentário

Site/blog Desenvolvido por Benito Pepe no Wordpress 2008-2014.