Entrevista com o Gestor Benito Pepe

Entrevista com o Gestor Benito Pepe

Transcrição

Entrevistador: Rafael Barros (Estudante de Administração)

Entrevistado: Gestor, instrutor e Professor Benito Pepe

Segue a transcrição da entrevista concedida por Benito Pepe ao Estudante Rafael Barros.

 

Entrevistador: Qual é a formação do Senhor? 

Benito Pepe: Eu comecei administração no Ensino Médio no Senac: Assistente de administração, o que corresponde hoje em dia a um curso técnico. Comecei lá a conhecer um pouco desta área de Gestão e já trabalhava na empresa da família. Durante três anos no Senac, eu trabalhava com meu pai e continuava depois da aula no próprio Senac, estudando. Então de manhã era trabalho, mas nos dias que eu tinha prova eu ficava em casa estudando, a tarde eu estava no Senac e a noite eu ia fazendo cursos no próprio Senac. Eu fiz mais de 40 cursos no Senac, durante os 3 anos que lá fiquei. Depois fui pra faculdade de administração, fiz minha faculdade de Administração e depois uma pós graduação em Administração Estratégica, outra pós em Marketing, outra em Filosofia Contemporânea, outra em filosofia antiga e em gestão de Equipes. Tenho outros cursos de extensão e uma disciplina do mestrado: Pedagogia Universitária, que é mais uma preparação para cursos universitários.

 

Entrevistador: Quais os critérios que te levaram a optar por essa carreira, e há quanto tempo atua?

Benito Pepe: A vida foi me levando como eu já disse na empresa da família, então já começou por ali com meu pai, minha mãe e meus irmãos e segui como gestor do meu próprio negócio a partir 1994 para cá. Em 2006 eu paralelamente comecei a dar aulas, no início era de Filosofia, pré-vestibular comunitário e ensino médio. Depois entrei na Unigranrio em 2012, mas antes em 2008 eu comecei a ministrar cursos em empresas, para fazer treinamento de gestores, por exemplo: curso de “Gestão e Liderança, curso de “Venda mais com Qualidade”, “Ambiente de Trabalho e as Relações Interpessoais”, “Marketing para Pequenas Empresas” e “Gestão da Qualidade”, alguns cursos assim, e aplicava e aplico a prática da gestão, pois continuo ministrando esses cursos e workshops em diversas empresas,  então eu sempre estive nessa área de Gestão.

 

Entrevistador: O líder é aquele que influencia o funcionário para o alcance dos objetivos organizacionais. Você se considera um líder?

Benito Pepe: Com certeza absoluta, me considero um líder. Principalmente quando eu tinha que fazer a gestão da minha equipe de vendas, eu era o gerente da equipe, e você tinha que ter resultados não só pessoais como da própria organização.

 

Entrevistador: Quais são as características necessárias para um líder nos dias atuais?

Benito Pepe: Primeira coisa é gostar de pessoas. Eu acho que um líder que não gosta de pessoas nunca vai ser um bom líder. É claro que ele pode ter a liderança para tarefas, alguns tipos de líderes são às vezes mais ligados a tarefas, resultados e a produção, e tem o tipo de líder que é mais ligado a pessoas, o ideal seria se você pudesse equilibrar um relacionamento entre o bem-estar da pessoa e o resultado que a pessoa alcança, lembrando que o resultado do colaborador é o teu resultado e o resultado da sua empresa.

 

Entrevistador: Qual a importância da comunicação organizacional nas empresas hoje em dia? De que forma você se comunica com seus funcionários?

Benito Pepe: A comunicação mudou muito, porque hoje nós temos vários canais de comunicação eletrônicos. Hoje você tem como se comunicar com 266 pessoas em um grupo ao mesmo tempo, se você tiver mais do que essa quantidade de colaboradores, é só você ter dois grupos e postar nos dois grupos a mensagem, e outras formas mais que há por aí; mas acho que o melhor canal, sem sombra de dúvidas, em primeiro lugar ainda é o pessoalmente, ou seja, você conversar pessoalmente, porque é um canal mais rico de comunicação, tem gestos, temo o tom da voz, o timbre da voz, tem expressão facial, então o canal mais rico é o oral e presencial. Depois por videoconferência, canal ainda rico, depois canal de áudio, porque gravando uma mensagem de áudio é menos rico, mas ainda é bom, e o pior de todos é o de texto escrito, porque muitas vezes há erros de interpretação, enviar um “WhatsApp” e a pessoa vai receber aquilo e muitas vezes interpretar errado, e o e-mail também tem risco, então o melhor é o presencial o canal mais rico.

 

Entrevistador: O gestor tem que ser capaz de solucionar conflitos no ambiente organizacional? E qual a melhor forma de solucionar esses conflitos?

Benito Pepe: Administrar é resolver problemas. Então administrar é resolver conflitos e muitas vezes evitar que eles venham a ocorrer, e sempre com uma conversa franca, aberta, transparente e sincera.

 

Entrevistador: O conflito pode ser positivo para a organização?

Benito Pepe: Com certeza que sim. Algumas pessoas pensam que deveriam evitar conflitos a todo custo, mas não. Equipe que não tenha conflito nenhum é uma equipe apática, é uma equipe que parece que está morrendo ou funcionando como um robô.  Onde tem ser humano vai ter conflito. O debate, como os debates que a gente faz em sala de aula, ou em equipes, nos treinamentos que eu faço é o debate, o debate é natural e às vezes acontece um conflito de interpretação, mas na empresa, quando a equipe está sempre muito monótona, sem nenhum atrito, sem nenhuma discussão… tem que ter… equipe também. Tem que disputar, às vezes, uma equipe com a outra, então uma equipe pra ver quem vai fazer melhor, faz parte. Quando não tem conflito é bom você provocar para que apareça, um conflito positivo sempre é bom, faz crescer a empresa, as disputadas fazem parte da vida.

 

Entrevistador: Na sua opinião, as mudanças são necessárias para as organizações se manterem competitivas no mercado?

Benito Pepe: Mais do que nunca. O mundo muda com uma velocidade impressionante e nunca pensada antes. Para você ter uma ideia, todo o conhecimento da humanidade e toda a mudança que a humanidade conquistou até 1750, levou 150 anos para dobrar, de 1750 na época da revolução industrial até 1900, 150 anos. Depois ela dobrou em cima do que tinha dobrado em apenas 50 anos, de 1900 para 1950. Depois tudo mudou novamente, novos conhecimentos da humanidade e etc. e tal em apenas 20 anos, 1970. Depois em 10… 5… reduzindo assim e  Hoje em dia, as mudanças, as criatividades, os desenvolvimentos, o conhecimento da humanidade estão mudando, transformando a cada 66 e 66 dias. Então o gestor que não acompanhar minimamente isso, claro que é impossível acompanhar tudo, mas minimamente ter uma noção de mudanças, perspectivas de mudanças, observação do cenário micro que é aquele cenário próximo a empresa e também o macro que está mais distante da empresa, ele vai se perder se não observar o mais de perto possível. Ele tem que estar acompanhando essas mudanças, com certeza absoluta.

 

Entrevistador: Qual o conselho que o Senhor deixa para os jovens profissionais da sua área que estão se formando?

Benito Pepe: Procure fazer sempre aquilo que você ama. Se você não estiver fazendo aquilo que você ama, mude, porque ninguém é feliz se não fizer aquilo que ama. E se você fizer aquilo que você ama fazer, você nunca vai trabalhar, você nunca vai resolver problemas, você vai se divertir fazendo o que você ama.

Related posts:

  1. Vídeo Currículo do Benito Pepe
  2. Metodologia e Dinâmicas Usadas nos Treinamentos com Benito Pepe
  3. Veja alguns Destaques das 200 publicações. Parabéns ao Site: Benito Pepe!
  4. O Site/blog do Benito Pepe ultrapassa a marca de Um Milhão de Visitas
  5. Entrevista sobre Liderança
  6. A Equipe da Texas e Benito Pepe recebem “Moção de Reconhecimento e Louvor” da Câmara Municipal do Rio de Janeiro
  7. Ultrapassamos os 2200 comentários no Site/blog do Benito Pepe
  8. Curso de Filosofia e Astronomia por Benito Pepe
  9. A Inteligência Espiritual QS por Danah Zohar Entrevista a Revista Exame

Benito Pepe

Benito Pepe: Empresário por 30 anos, Administrador, Filósofo, Astrônomo Amador, Colunista, Palestrante, Instrutor e Professor Universitário. Tem formação acadêmica na área de Administração com pós-graduações em: Administração estratégica de empresas; Marketing; Filosofia Contemporânea; e Filosofia Antiga. Publica Aqui, seus textos sobre Filosofia, Astronomia, Administração, Marketing, Religião, Assuntos da Atualidade, além de um Papo geral.

4 comentários em “Entrevista com o Gestor Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Muito obrigado pela entrevista Professor. Foi de grande ajuda e de grande aprendizado para mim.

  • em
    Permalink

    Olá Caro Rafael, eu também agradeço a oportunidade e por você me escolher para esta atividade. Aproveito para lembrar que o aprendizado é reciproco.

    Abraço,
    Benito Pepe

  • em
    Permalink

    Mestre,

    Muito boa a explanação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.