arvore-alcancar Muitas vezes, por insistência infrutífera, tentamos consertar pessoas ou relacionamentos que são antagônicos ao nosso jeito de ser. Com o tempo a gente vai amadurecendo e percebe que não há como modificar os frutos de grande parte das árvores que não tenham “afinidade” nenhuma.

Sabemos que há, por exemplo, como trabalharmos com diversos tipos de laranjeiras e limoeiros, pois tem alguma afinidade. Mas não há como pensar em trabalhar os limoeiros e tirar de lá morangos por exemplo…

Muitas vezes insistimos, acreditando em pessoas que nunca correspondem aos nossos anseios. Não nos lembramos e nem damos conta que as árvores são diferentes e portanto os seus frutos também o são. Como disse: não há como tirar morando de um limoeiro…

Vamos nos aborrecer, ficar estressados, magoados, tristes, enfim, tudo de ruim pode passar por nossas cabeças, mas não adianta… o melhor é procurar plantar a árvore certa! E quando for o caso, colhemos o limão do limoeiro, esse é o seu fruto…

Do que adianta ir até ao pomar, chutar, socar ou desabafar com as outras árvores do jardim? Aquela árvore “fruto” de nossas desavenças e tristezas não dá o fruto que ansiamos… Está certo quem diz: Você precisa aprender com os sábios que o verdadeiro sábio reconhece as críticas e aprende com elas… e eu complemento: a crítica só pode ser encaminhada para outro sábio, a gente pode criticar, mas isso só funciona se estivermos com a árvore certa e na hora certa…

Vejamos a passagem de Jesus e a Figueira:

…………………………………………………………………………………………………………………………..

E, de manhã, voltando para a cidade, teve fome. E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti. E a figueira secou imediatamente.”  Mateus 21.18,19

“Quando a figueira começa a produzir frutos ela se enche de folhas. Na verdade, depois do fruto formado é que aparecem as folhas. Portanto, ao ver a figueira cheia de folhas Jesus, com fome, esperou encontrar nela figos, mas não encontrou nada. Diante da Palavra de Jesus a figueira secou-se (não só deu uma ordem, mas fez uma predição da sua condição).”

Jesus não amaldiçoou a árvore, só a identificou como uma árvore infrutífera, essa árvore estava com todas as características de uma bela árvore com frutos, no entanto iludia os observadores…

…………………………………………………………………………………………………………………………

Mas, de qualquer maneira, há também as pessoas que esperam, esperam, esperam e por fim esperam que dali vá sair frutos, ou refletem de maneira aparentemente racional e inteligente: do que adianta reclamar e chutar a árvore, temos que esperar? e continuam esperando, esperando…

Mas eu pergunto: será que vale a pena? Não, não vale! Mas também é verdade, não vale a pena chutar, isso não serve pra nada…

O melhor mesmo é procurar outra árvore, e/ou planta-la cultiva-la e começar de novo com novas esperanças…

Abraços, Benito Pepe

Related posts:

  1. O Conhecimento é como uma semente de uma árvore frutífera
  2. Os três Triângulos ou Tripés da Vida
  3. A Aprendizagem e a Gestão de Equipes
  4. O Certo pode Ser Errado?
  5. O Site/blog do Benito Pepe ultrapassa a marca de Um Milhão de Visitas
  6. Quatro Cegos e a Avaliação de um Elefante. Como cada um o vê?
  7. A Empregabilidade Depende de uma visão Empreendedora
  8. Os Mitos da Meritocracia e da Competitividade tanto na Escola quanto nas Empresas
  9. O Entusiasmo não deixa o Trabalho Cansar
  10. Veja alguns Destaques das 200 publicações. Parabéns ao Site: Benito Pepe!

Tags: , , , , , , ,

7 Responses to “Devemos procurar nossos semelhantes ou os que nos enriqueçam”

  1. J.M.Dias Says:

    Olá meu camarada! Com certeza devemos procurar quem nos enriqueça com sabedoria com o qual iremos prender , e muito.A aquele que iremos aprender, para aumentar nosso entendimento sobretudo de proveitoso que que há na face da terra.
    Existe um dito popular que diz “””O pau que nasce torto não jeito morre torto””
    Se querermos, colher uma laranja de um limoeiro, é querermos ´ir de encontro, As coisas de de Deus,” você colhe aquilo que planta.”
    .

    Meu querido Benito, nada depende de nós, para mudar algo, tudo vem da natureza, como se explica uma fruta que gêmea nasce de uma planta?. Ora meu camarada! A própria Bíblia diz “”Arvore que não dá bom fruto Arranca e joga fora”..
    Eu vou mais além, , tudo que não presta deveria ser jogado fora. Um abraça J.M.Dias

  2. Carlos Santos Says:

    Oi caro Benito Pepe, este texto me levou a um pensamento simples: não vale a pena insistir em relacionamentos que nunca nos dão resultados positivos, no entanto se, mesmo que às vezes, temos algo a aprender com ele, passa novamente a valer a pena… Em suma não há como termos resultados 100% sempre mas quem sabe lembrando a própria lei de Pepe, 30 – 40 – 30 poderia se aplicar aqui também. Em outras palavras aproveitamos muito dos 30% positivos, relevamos os 40% e eliminamos os outro 30% que nos perturbam…

  3. Benito Pepe Says:

    Valeu Carlos Santos, vejo que alguém conhece a lei de Pepe, ehhehe

    Abraços, Benito Pepe

  4. J.M.Dias Says:

    Meu Querido Benito!
    Estamos vivendo um mundo dualista, onde a pobreza e a realeza estão em todos os lugares. Os castelos de cristais,espalhados pelo mundo, onde seus feudais bebem suas preciosas bebidas em taças confeccionadas em fino ouro, não sabem ou não querem saber , ou melhor sabem; que ali do outro lado da calçada ; mora. Os que não tem sequer o direito de dirigir-lhe a palavra, faça idéia pedir-lhe alguma coisa.. Aí está meu amigo, o tipo do limoeiro que mesmo você trabalhando a vida toda, jamais vai modifica-lo numa laranjeira..
    Primeiro porque, o ébrio triste da calçada, não tem o sagrado direito do ir e vir., Ele tem que dá a volta e passar do outro lado, sob pena de ser espancado.
    Quanto você ir ao pomar, para mim, é até certo ponto arriscado.Com certeza existem dois tipos de filosofias. A daquele ébrio que dentro do seu sonho procura a lua namorar, e aquele que pensa nas cotações de divisas, para ver se no dia seguinte estará um pouca mais rico. Infelizmente para mim é este o mundo em que estamos vivendo.
    Quero te confessa que estas minhas reflexões, não estiverem dentro do padrão, é por que o esforço que estou fazendo é muito grande, porém muito benéfico para, para o AVC que tive e que infelizmente não tem reversão. De qualquer forma um grande abraço do seu amigo J.M.DIAS
    Repeti o comentário, pois achei texto muito bom.

  5. Benito Pepe Says:

    Fala meu amigo JM Dias e eu que esqueci de agradecer estes teus comentários, desculpe-me. Bem, então fica aqui mais uma vez minha gratidão, força e Pensamento Positivo pra você, e lembre-se: continue “sem medo de Viver o Para Sempre”…

    Abraços, Benito Pepe

  6. Carlos Henrique Says:

    Concordo com o amigo Carlos! Se não estamos felizes em um relacionamento (não apenas amoroso) devemos reverter a situação e buscar um north viável, buscando alcançar o sucesso. Tarefa árdua, é verdade-mas devemos tentar!
    Abraços!

  7. Benito Pepe Says:

    Valeu Carlos Henrique! De Carlos para Carlos!
    Abraço, Benito Pepe

Deixe um Comentário

Site/blog Desenvolvido por Benito Pepe no Wordpress 2008-2016.