Devemos procurar nossos semelhantes ou os que nos enriqueçam

Muitas vezes, por insistência infrutífera, tentamos consertar pessoas ou relacionamentos que são antagônicos ao nosso jeito de ser. Com o tempo a gente vai amadurecendo e percebe que não há como modificar os frutos de grande parte das árvores que não tenham “afinidade” nenhuma.

Ler mais

O Conhecimento é como uma semente de uma árvore frutífera

O Conhecimento é como uma Semente de uma Bela Árvore Frutífera, você precisa semear, regar, cuidar, esperar que a árvore cresça e depois sim, no seu tempo, colher os frutos.

Ler mais

O Site/blog do Benito Pepe ultrapassa a marca de Um Milhão de Visitas

Agradeço a todos os amigos, colegas, fãs e visitantes em geral que conheceram, visitam, curtem e divulgam inclusive em redes sociais, o meu Site/blog! Muito obrigado a todos!

Essa é uma marca que não são todos os Sites que alcançam. Alcançar mais de 1.000.000 (Um Milhão) de visitas é uma marca Extraordinária. Muito Obrigado!!

Ler mais

Quem é Deus e quem somos nós?

A humanidade de uma maneira ou outra sempre buscou algo que o transcenda, ou será que o transcendente é que buscou a humanidade? Não estou afirmando a hipótese da existência de uma transcendência, estou relatando um fato histórico. Quanto à primeira situação, ou seja, o homem buscar a “Deus” ou deuses, não há o que se questionar, esse fato existe há milhares de anos. Agora e se a segunda hipótese for verdade, ou seja, Deus ou os deuses é que buscaram a humanidade?

Ler mais

Entrevista sobre Liderança

Entrevista concedida pelo líder, palestrante e professor Benito Pepe aos alunos de graduação em Gestão de Recursos humanos relacionados no final deste texto. Estudantes do IESFAVI – INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO AVANÇADA DE VITÓRIA.

Ler mais

Construindo Pontes ao invés de Muros

Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um rio, iam se visitar todos os dias à noitinha. As duas fazendas ficavam bem de frente uma a outra, eles podiam se ver, mas a distância não permitia um diálogo a não ser com o esforço de uma caminhada. Cada dia um deles caminha por longo tempo até chegar a uma ponte distante, atravessava a ponte e caminhava mais um tempo até encontrar-se com o outro irmão em sua fazenda.

Ler mais

Voltamos à Caverna, mas agora ela é high-tech

Um dia desses após retornar de um lanche, entrei na sala dos professores na Universidade onde leciono. Alguns instantes depois uma colega perguntou: tem uma tempestade La fora? De fato eu vi o tempo muito fechado e escuro, mas não chovia ainda, e ainda que chovesse eles ali dentro não poderiam saber disso devido a profundidade da “caverna” em que nos encontrávamos.

Ler mais